" Amou daquela vez como se fosse máquina
Beijou sua mulher como se fosse lógico
Ergueu no patamar quatro paredes flácidas
Sentou pra descansar como se fosse um pássaro
E flutuou no ar como se fosse um príncipe
E se acabou no chão feito um pacote bêbado
Morreu na contra-mão atrapalhando o sábado.
"
by Chico Buarque

(Source: oxigenio-dapalavra, via passaropreto)

" O amor habita na simplicidade das coisas. Num sms de bom dia, num sorriso, num abraço, num olhar… "
by Paris, 1995.

(Source: antipoetico, via trovejo)

" (…) os motivos, de que adianta falar de motivos, às vezes basta um só, outras vezes nem juntando todos, se as vidas de cada um de vocês não lhes ensinaram isto, coitados, e digo vidas, não vida, porque temos várias, felizmente vão se matando umas às outras, se não, não poderíamos viver. "
by José Saramago  

(Source: quoteiros, via passaropreto)